Qual a diferença entre Evangélicos e Cristãos?


Neste mundo pós-modernos não sabemos quem é quem na verdade, vivemos em um mundo consumista, sensualista, secularista e individualista por isso não percebemos as diferenças. Mas o que eu quero falar aqui é sobre duas palavras que muitos ouvem e até professam, que são: Evangélicos e Cristãos. Então quem é os Evangélicos e Cristãos?
(você não é obrigado a concordar com as palavras aqui redigidas)

Evangélicos – Segundo o dicionário Mini Aurélio Escolar, evangélico que dizer pertencente a certos grupos religiosos não ligados ao protestantismo. Conclui-se então, são pessoas e/ou denominações de diversas religiões que auto intitulam “cristãs”, nos quais podem se enquadrar as seitas heréticas. Mas neste sistema mundano, são aquelas pessoas fã de alguma denominação, influenciadas por amizades, cantores e pregadores. Onde estão nestas denominações por puro emocionalismo barato, atrás de experiências secretas, se esquecendo da Palavra de Deus e de um culto racional. Os evangélicos aprenderam mais rapidamente a falar como crentes, do que a viver como santos. Entretanto, muitos celebram um falso sentimento de comunhão com Deus baseado principalmente nas emoções, arrepios e experiências humanas; frutos de uma imaginação fértil, apenas acham que Deus as ama. Neste sentido e seguimento, faz que se distancie mais de Deus do que se aproximarem dEle.  Podemos chamar de uma arvore estéril. E infelizmente, vive em uma teologia desestruturada e voltada para o consumismo, materialismo, avareza que é idolatria.  

Cristão – é o individuo que adere ao Cristianismo, principalmente o protestantismo, uma religião monoteísta centrada na vida e nos ensinos do Senhor Jesus aquele que se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória. Este é o nosso fundamento o qual não pode ser mudado e nem acrescentado, porque Ele por si só é eficiente e eficaz. Aquele que se diz cristão deve andar como ele andou (1 João 2.6), tem que ser uma árvore frutífera que tenha que dá muitos frutos e o principal estar ligado na videira verdadeira. O cristão tem que negar a si mesmo e tomar a sua cruz e carregar, tomar do julgo de Jesus que é leve e suave, é aquele que entra na porta estreita e vive em um caminho estreito, é aquele que escuta e pratica as palavras do Senhor Jesus.

Resumindo, o evangélico vive em uma vida de “cristianismo” momentâneo, falho e desesperançoso. O cristão vive em uma vida de expectativa esperando em Deus e sua confiança está totalmente voltada para Deus e a cada dia obedecendo ao Criador e se portando como um eleito de Deus.

36 comentários:

  1. Não creio dessa forma, acho que você está fazendo um julgamento precipitado dizendo que evangélico vive uma vida falha e sem esperança... Creio que ser evangélico é anunciar o evangelho de CRISTO na terra, logo é um verdadeiro CRISTÃO por ser um seguidor de CRISTO por anunciar a JESUS CRISTO COMO SENHOR E DEUS! Ou seja, ser crente em JESUS, ser evangélico pode ser considerado um verdadeiro CRISTÃO,pois ambos creem em JESUS como DEUS E ANUNCIAM A PALAVRA DE DEUS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã, agradeço sua participação! Não, não é um julgamento precipitado. Os evangélicos no Brasil cresceu muito. Mas o que foi que cresceu, o Evangelho do Senhor Jesus, ou as igrejas que se dizem evangélicas? Não o evangelho do Senhor Jesus não cresceu junto com as igrejas, porque se tivesse crescido muita gente teria mudado de atitudes em relação ao mundo .

      Excluir
    2. Não é julgamento não, e sim religiosidade pois o evangèlico como o católico é ligado a religião e sabemos muito bem que DEUS E JESUS CRISTO NÃO É RELIGIÃO E COMO RELIGIÃO NÃO SALVA E SIM JESUS/DEUS, ENTÃO POR ISSO DEVEMOS OLHAR ISSO. Fiquem mna paz!

      Excluir
    3. JESUS , salva como Filho unigênito , como Verbo encarnado , CRISTO crucificado , nós somos salvos , aceitando JESUS como Salvador de nossa alma , renunciando a nós mesmo , vivendo em novidade de vida , examinando as escritura , e nos santificando para encontrar com Ele .

      Os evangélicos citados , sao aqueles que vive para um grupo de pessoas , para agradar outrem . reunindo milhares de pessoas descompromissadas COM A PALAVRA DE DEUS ! Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.

      Mateus 22.29 e se conheces A PALAVRA , É LIBERTO !

      Excluir
    4. Gostei muito do texto e quero dar a minha opinião também. Concordo com o Denis mas de um outro ponto de vista. Acho que o título "sou evangélico" está manchado pelos constantes escândalos envolvendo a Igreja instituição e o dinheiro que elas atraem de forma enganosa, pois pregam um evangelho mentiroso onde a sua oferta garante a sua benção e, na verdade, somente DEUS pode fazer isso e da forma que bem Lhe apraz. Não vivemos mais na Lei Mosaica e sim na Graça, que nos foi concedida pelo sangue de CRISTO e, porém, somos justificados por Ele, não devemos mais nada, a conta está paga! Na Velha Aliança o homem era obrigado a cumprir a Lei e oferecia sacrifícios para encobrir seus pecados. Portanto eram justificados por suas obras. Com CRISTO isso não mais acontece pois somos justificados pela Fé, e sem Fé é impossível agradar a DEUS. Hoje nós dependemos de DEUS pra tudo! Ser evangélico é, na minha opinião, crer e obedecer ao evangelho do Messias. Mas o Denis tem razão quando diz que "vivem em uma teologia desestruturada e voltada para o consumismo, materialismo, avareza que é idolatria." Isso é a realidade, infelizmente. A Teologia da Prosperidade não é bíblica e os irmãos que usam o título "sou evangélico" é que a criaram. Mas vou encerrar essa dissertação dizendo o seguinte: Tem muitos católicos que estão salvos e muitos crentes, evangélicos ou não, que não estão salvos.

      Excluir
    5. Olá, Deemetriounstad (quase falei em línguas - brincadeira).

      Muito obrigado por comentar, e parabéns por sua reflexão.

      Sobre a Lei e a Graça, veja este artigo: http://superandoasheresias.blogspot.com.br/2013/09/a-graca-e-lei.html

      E este:

      http://superandoasheresias.blogspot.com.br/2013/09/as-duas-partes-da-palavra-de-deus-lei.html

      Ops... ia me esquecendo deste kkk: http://bereianos.blogspot.com.br/2013/09/lei-e-graca-uma-visao-reformada.html

      E se surgi a dúvida sobre o Quarto Mandamento, aqui no blog há alguns artigos que responde isso...

      Em Cristo,

      Denis.

      Excluir
  2. Amém querido, olhando dessa forma também concordo contigo,muitos tem de verdade envergonhado a palavra de DEUS e muitas vezes as pessoas fazem do evangelho um meio de vida, ou seja usam do evangelho para se sustentar... Já não pregam mais a SALVAÇÃO... DEUS te abençoe e um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmã, Deus o abençoe a cada dia!

      Excluir
    2. irmão denis ,eu sou da igreja evangélica e me considero uma cristã ,isso é errado?

      Excluir
    3. Olá, Raíssa e obrigado por ter comentado o post.
      O texto é claro em fazer a distinção.
      Mas sobre a tua pergunta; não é errado em dizer ser cristão. Aliás, eu acho, que é a melhor nomenclatura a dar a uma pessoa que se diz que segue a Cristo. Mas não basta dizer que é um CRISTÃO. Tem que imitar aquele a quem o nome faz referencia.

      Excluir
    4. Cara, por favor acorde para a asneira que tu escreveu... Não sei o que tu anda apreendendo na tua Igreja Presbiteriana, mas DESDE QUANDO EVANGÉLICO NÃO É COMPLETAMENTE EQUIVALENTE A SER PROTESTANTE E, PORTANTO, CRISTÃO??? Tu nunca leu ou alguém te ensinou sobre a história dos diferentes movimentos que surgiram dentro do protestantismo desde a Reforma??? Julgas tu que o Movimento Pentecostal (que ao que me parece é o que tu tá criticando neste teu post) não é cristão??? E que não é protestante???
      Cara, DESDE SEMPRE OS PROTESTANTES SE CHAMARAM EVANGÉLICOS!!! PROTESTANTES FORAM COMO ELES (CATÓLICOS E SIMPATIZANTES) NOS CHAMARAM!!! NÓS SIMPLESMENTE ACEITAMOS O TERMO, PORQUE ELE CAIU BEM A PROPÓSITO :)!!!

      Excluir
    5. Antes de mais nada tenha respeito quando vier comentar aqui.
      Mediante a sua educação, dar-se a entender sobre o seu seguimento.

      Primeiro... eu não estou falando de pentecostais.

      Já seguindo a minha colocação...
      Prove-me no meu artigo que estou falando dos pentecostais, prove-me historicamente que os Reformadores se intitulavam evangélicos.

      Obs: Citar frases de protestantes e não citações, por dedução, de "historiadores".

      Excluir
    6. Considero que Lucas de Araújo está certo quanto ao fato de evangélico e cristão serem a mesma coisa , e tenho um link aqui sobre isso: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/qual-e-a-diferenca-entre-protestantes-e-evangelicos. Entretanto, é óbvio que não são só os evangélicos os cristãos, nem que todos os evangélicos são cristãos de verdade (até porque a maior parte dessas igrejas que você citou realmente estão pouquíssimo interessadas em estudar a Palavra, e algumas, infelizmente, são lideradas por pessoas que só estão interessadas em pregar pelo dinheiro); ser evangélico é seguir uma religião baseada nos preceitos do cristianismo (assim como o catolicismo), e ser cristão é bem... realmente seguir Jesus Cristo. Sou presbiteriana, minha melhor amiga é católica e tenho muitos amigos anglicanos e pentecostais, mas nós todos consideramos uns aos outros como cristãos, pois cremos em Jesus e tentamos seguir seus preceitos de amor, fé, esperança e justiça. Acho que nós não temos nada a ganhar fomentando ainda mais debates e divisões entre os próprios cristãos, não importando a denominação religiosa, porque, como pode ver nessa revista, já estamos divididos até demais.

      Excluir
    7. Irmã, não falo de divisões dentro da igreja. Mas faço distinção entre igrejas e membros. Igual, não posso comungar minha fé com um idolatra. Sobre "divisões" leia: http://superandoasheresias.blogspot.com.br/2013/09/as-marcas-de-uma-igreja-verdadeira.html

      Excluir
    8. Ser crente e ser Cristão
      Muitas pessoas usam mal essas duas palavras, às vezes tendo-as como sinônimas. Algumas (geralmente de outras religiões) chamam de "crentes" todos aqueles que aceitaram o Senhor Jesus como seu Salvador. Outras acham que são cristãs porque acreditam em Jesus Cristo. Mas há alguns pontos que tornam essas palavras não tão semelhantes.

      Primeiro, ser crente, segundo o Dicionário Aurélio, é a pessoa: 1. "que crê", ou 4. "Pessoa que acredita, que tem fé religiosa". Portanto, todos que acreditam em algo, no sentido religioso ou não, é crente. Somente a sexta definção dada por esse dicionário é que tem a palavra como sinônimo de "Protestante" (ou seja, evangélicos).

      Segundo, se pensarmos bem, até o diabo é crente. Ele acredita ou não em Jesus? Se não acreditasse, não teria tentado a Jesus no deserto (Lc 4:1-13). Também, quando Jesus encontra o endemoninhado gadareno (Lc 8:26-39), o demônio que atormentava aquele homem gritou ao ver Jesus: "Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo?" (v28). O diabo crê em Jesus, mas O rejeita e quer que a humanidade faça o mesmo. Em outras palavras, qualquer um pode ser crente.

      Terceiro, ser cristão é ter a mente de Cristo. Você tem a mente de Cristo? Pensa e age como Ele agiu quando era homem como nós? Você rejeita as coisas do mundo e abraça as coisas do Alto? Os apóstolos, após a morte e ressurreição de Jesus começaram a pregar a Palavra e com simplicidade, oração, temor a Deus, comunhão espiritual e de bens (At 4:32-37) começaram a igreja primitiva. Desde o início foram perseguidos e até mortos por causa de Jesus, e algum tempo depois, em Antioquia, é que foram pela primeira vez chamados de "Cristãos" (At 11:26). Portanto, ser Cristão é, fundamentalmente, viver a vida de Cristo Jesus.

      Assim, ninguém é cristão apenas por acreditar em Jesus. é preciso viver como Ele viveu, ter o Seu caráter, viver em santidade, andar no Espírito e não na carne, ser cristão dentro e fora da igreja.... é fazer a vontade do Pai assim como o fez o Filho. Portanto, deixo aqui uma reflexão para você. Que o Espírito Santo possa te ajudar a ser um cristão no sentido primeiro do termo.

      Paz e Graça.
      Leonardo Ferreira
      Postado por Leonardo Ferreira às 19:08
      Marcadores: atitudes, caráter cristão, crente, cristão, mente de Cristo, santidade

      Excluir
  3. Evangelico ou Cristão ? A Diferença é que nos 2 casos, existem pessoas que professam sobre Deus, Jesus Cristo e o Espirito Santo, mas vivem segundo as leis do Mundo.
    Também existem pessoas, que professam sobre a Trindade e vive de acordo, ou seja, não andam somente com a Biblia em baixo do braço, mas a lê. Não falam só sobre caridade, amor e fé, mas praticam.
    Seja qual for a denominação, isto não é importante, mas sim se agimos de acordo com o que aprendemos.
    Se todos que se dizem Cristão, Evangelicos e etc praticasse o que sentam em bancos confortáveis para praticar, não teriamos mais fome e nem miséria no mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As diferenças entre um e outro estão expressos no artigo.
      Ninguém deve professar o nome Trindade, a não ser no Batismo.
      Temos que professar uma fé em Deus por intermédio de Cristo, é isto que a Bíblia ensina. Uma música que está rolando sobre "aliança com os três" está errado. É anti bíblico. A aliança é com Cristo por intermédio de seu sangue.
      Você disse errado: "não teríamos mais fome e nem miséria no mundo."

      Pois nunca deixará de haver pobre na terra ...Deuteronômio 15:11
      Porquanto sempre tendes convosco os pobres, Mateus 26:11 (Mc 41.7; Jo 12.8)

      Excluir
    2. Ser crente e ser Cristão
      Muitas pessoas usam mal essas duas palavras, às vezes tendo-as como sinônimas. Algumas (geralmente de outras religiões) chamam de "crentes" todos aqueles que aceitaram o Senhor Jesus como seu Salvador. Outras acham que são cristãs porque acreditam em Jesus Cristo. Mas há alguns pontos que tornam essas palavras não tão semelhantes.

      Primeiro, ser crente, segundo o Dicionário Aurélio, é a pessoa: 1. "que crê", ou 4. "Pessoa que acredita, que tem fé religiosa". Portanto, todos que acreditam em algo, no sentido religioso ou não, é crente. Somente a sexta definção dada por esse dicionário é que tem a palavra como sinônimo de "Protestante" (ou seja, evangélicos).

      Segundo, se pensarmos bem, até o diabo é crente. Ele acredita ou não em Jesus? Se não acreditasse, não teria tentado a Jesus no deserto (Lc 4:1-13). Também, quando Jesus encontra o endemoninhado gadareno (Lc 8:26-39), o demônio que atormentava aquele homem gritou ao ver Jesus: "Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo?" (v28). O diabo crê em Jesus, mas O rejeita e quer que a humanidade faça o mesmo. Em outras palavras, qualquer um pode ser crente.

      Terceiro, ser cristão é ter a mente de Cristo. Você tem a mente de Cristo? Pensa e age como Ele agiu quando era homem como nós? Você rejeita as coisas do mundo e abraça as coisas do Alto? Os apóstolos, após a morte e ressurreição de Jesus começaram a pregar a Palavra e com simplicidade, oração, temor a Deus, comunhão espiritual e de bens (At 4:32-37) começaram a igreja primitiva. Desde o início foram perseguidos e até mortos por causa de Jesus, e algum tempo depois, em Antioquia, é que foram pela primeira vez chamados de "Cristãos" (At 11:26). Portanto, ser Cristão é, fundamentalmente, viver a vida de Cristo Jesus.

      Assim, ninguém é cristão apenas por acreditar em Jesus. é preciso viver como Ele viveu, ter o Seu caráter, viver em santidade, andar no Espírito e não na carne, ser cristão dentro e fora da igreja.... é fazer a vontade do Pai assim como o fez o Filho. Portanto, deixo aqui uma reflexão para você. Que o Espírito Santo possa te ajudar a ser um cristão no sentido primeiro do termo.

      Paz e Graça.
      Leonardo Ferreira
      Postado por Leonardo Ferreira às 19:08
      Marcadores: atitudes, caráter cristão, crente, cristão, mente de Cristo, santidade

      Excluir
  4. Sou um Cristão Evangélico! https://www.facebook.com/ViverPlus

    ResponderExcluir
  5. QUE DEUS TI ABENÇOE IRMÃO,MAS EU ACREDITO QUE JESUS QUANDO VEIO AO MUNDO NÃO FOI PARA DIZER,PARA FAZER DEFINIÇÕES SOBRE QUAL GRUPO CADA PESSOA SE ENCAIXA MAIS PARA SALVAR A TODOS NÓS INDEPENDENTE DE SUA RELIGIÃO OU DOUTRINA DESDE QUE TENHA FÉ EM SEU NOME E PEATIQUE SEUS ENSINAMENTOS POIS NÃO EXISTI SOMENTE A DOUTRINA CRISTÃ OU CATOLICA NO MUNDO, POR QUE UM FATO QUE EXISTI VARIAS OUTRAS RELIGIÇOES, DOUTRINAS ETC, E A UNICA MOEDA DE TROCA PARA A SALVAÇÃO É A FÉ .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz, Leila.
      Obrigado por estar nos visitando e participando.

      Em partes eu considero seu comentário, pelo simples fato de que Jesus não foi cristão.

      Mas quando você diz que "JESUS QUANDO VEIO AO MUNDO NÃO FOI PARA DIZER,PARA FAZER DEFINIÇÕES SOBRE QUAL GRUPO CADA PESSOA SE ENCAIXA MAIS PARA SALVAR A TODOS NÓS INDEPENDENTE DE SUA RELIGIÃO..."

      Me desculpe, mas neste ponto vemos Cristo combatendo os maus ensinamentos dos Judeus, que prejudicam e deturpavam a Lei.
      E assim, vemos o apóstolo Paulo combatendo as práticas judaicas, que se mantida por um cristão, Paulo disse que pra esse, cristo de nada serve.

      Então, à luz das Escrituras, com prudência, podemos definir quem está errado e não. Começando de nós.

      Em Cristo.
      Bom dia!

      Excluir
  6. Concordo em parte, em a maioria dos ´´evangélicos`` são mais calorosos em citar coisas como arrepios e falar em línguas estranhas em tom alto sem ter alguém para traduzir muitas das vezes e não sabem que tudo isso é para se edificar e não os outros kkkkkk mas tudo bem!!! Olha sou, ou melhor tento ser cristão e muitos se titulam cristão mas o verdadeiro é aqueles que tem atitudes, pois não adianta ser evangélico ou cristão se achar que ir uma ou duas vezes a igreja por semana é o que Deus quer, somos seres humanos falhos pois igreja é para edificar a fé e acho que aonde nós temos que ser realmente o que Deus quer, não é só dentro da igreja mas principalmente fora dela porque a fé sem ação é morta Tiago 2:14-26 não podemos generalizar todos os evangélicos eu acho que tem que se levar em conta uma coisa muito importante tanto um como o outro, (cristão ou evangélico) o renascimento, morrer para o antigo eu e nascer de novo como um novo ser em espirito, assim como Um (Cristo) morreu por todos temos que morrer(desejos da carne) por Ele também.Então concordo em parte porque tem alguns evangélicos que seguem a cristo também só acho que o cristão é mais discreto em suas obras quando esse se faz dessa verdade do que os evangélicos e assim os evangélicos são mais cobrados por causa de muitos que gostam de aparecer se esquecendo que somos pecadores e consequentemente quando erram passam essa imagem de hipocrisia mas não são todos ou melhor independente de etnia desde que seja para Deus Jeová, EL, ELOAH, ELOHIM etc, claro sempre Um =Pai+Filho+Espirito Santo = 1, ser o mais possível o que Cristo foi, porque perfeito é Ele nós somos pecadores e Ele também sabe disso já estaria bom, garanto a todos é uma luta diária e não tem aquele que possa dizer um do outro temos que deixar de radicalizar e ser mais amor de Cristo um com o outro e nos ajudarmos. Abraços e que a graça e a paz de Jesus nosso Senhor estejam com todos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou aqui apenas para aprender e essa é minha opinião,certa ou errada é minha.

      A bíblia fechada é um livro comum,mas aberta(quando a lemos)é Deus falando.
      Vamos ler mais e pedir a Deus discernimento.

      A paz do senhor a todos.

      Crente é aquele que crê em qualquer coisa.

      Cristão acredita em Deus,sabe que Jesus é senhor e salvador mas infelizmente vive como acha melhor e tem Cristo apenas como salvador.

      Evangélico é a pessoa que recebe Cristo como senhor primeiro,fazendo o máximo para viver como manda o evangelho,melhorando a cada dia e se arrependendo pelos pecados diários,pois pecamos todos os dias e até sem querer como o apóstolo Paulo escreve em suas cartas.
      Romanos Cap:7.Vers:18 ao 25.

      Evangélico recebe Cristo como salvador depois,porque ele como nosso senhor nos ensina e se faz conhecer como o rei que devemos servir pois só ele é o caminho para salvação.

      Pode se dizer que evangélico é um cristão que é crente somente em Deus e na sua palavra,que vai a Deus somente por Jesus Cristo e vive como Deus manda por intermédio do espírito santo.

      O importante é orar todo dia,pedir perdão a Deus pelos pecados e tentar não pecar mais.
      É difícil mas com Deus tudo é possível.

      Definir é complicado.

      Crente,cristão ou evangélico não tem diferença quando servimos apenas ao senhor Jesus Cristo.

      João: 8.
      31. Dizia, pois, Jesus aos judeus que nele creram: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sois meus discípulos;
      32. e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

      Agradeço a oportunidade.

      Que a paz do senhor esteja com todos.

      Excluir
  7. O grande deus entretenimento. A. W. Tozer

    Por séculos a igreja se manteve solidária contra toda forma de entretenimento mundano, reconhecendo-o pelo que era – um meio para desperdiçar o tempo, um refúgio contra a perturbadora voz da consciência, um esquema para desviar a atenção da responsabilidade moral. Por isso ela própria sofreu rotundos abusos dos filhos deste mundo. Mas ultimamente ela se cansou dos abusos e parou de lutar. Parece Ter decidido que, se ela não consegue vencer o grande deus entretenimento, pode muito bem juntar suas forças às dele e fazer o uso que puder dos poderes dele. Assim, hoje temos o espantoso espetáculo de milhões de dólares derramado sobre o trabalho profano de providenciar entretenimento terreno para os filhos do Céu, assim chamados. Em muitos lugares, o entretenimento religioso está eliminando rapidamente as coisas sérias de Deus. Muitas igrejas nestes dias têm-se transformado em pouco mais do que pobres teatros onde “produtores” de quinta classe mascateiam as suas mercadorias falsificadas com total aprovação de líderes evangélicos conservadores que podem até citar um texto sagrado em defesa de sua delinqüência. E raramente alguém ousa levantar a voz contra isso.

    O grande deus entretenimento diverte os seus devotos principalmente lhes contando estórias. O gosto por estórias, característicos da meninice, depressa tomou conta das mentes dos santos retardados dos nossos dias, tanto que não poucas pessoas, pelejam para construir um confortável modo de vida contando lorotas, servido-as com vários disfarces ao povo da igreja. O que é natural e bonito numa criança pode ser chocante quando persiste no adulto, e mais chocante quando aparece no santuário e procura passar por religião verdadeira.

    Não é uma coisa esquisita e um espanto que, com a sombra da destruição atômica pendendo sobre o mundo e com a vinda de Cristo estando próxima, os seguidores professos do Senhor se entreguem a divertimentos religiosos? Que numa hora em que há tão desesperada necessidade de santos amadurecidos, numerosos crentes voltem para a criancice espiritual e clamem por brinquedos religiosos?

    “Lembra-te, Senhor, do que nos tem sucedido; considera, e olha para o nosso opróbrio. … Caiu a coroa da nossa cabeça; ai de nós porque pecamos! Por isso caiu doente o nosso coração; por isso se escureceram os nossos olhos.” Amém. Amém.

    ResponderExcluir
  8. A Paz do Senhor seja contigo meu querido!
    Eu concordo com você, mas em partes, pois, ao meu ver, dizer que Evangélicos não são Cristãos é um pouco radical.
    No templo onde congrego não fazemos tal diferença, mas nos rotulamos cristãos pelo fato das pessoas terem um certo preconceito com os evangélicos, até porque a maioria dos evangélicos seguem dogmas e etc, e no templo onde vou não acreditamos que isso seja necessário. Ex.: não temos normas quanto a vestimenta, mas todos os que lá congregam, seguindo o bom senso de cristão que Papai nos deu, não usam roupas curtas nem decotes, etc.
    Mas, olhando por outro lado, você não pode negar que há pessoas que se chamam evangélicas e tem uma intimidade com Deus absurda, e uma vida de santidade, não perfeita, mas exemplar. Digo isso não porque ouvi alguém me contar, mas porque vi e conheço o testemunho de vida dessas pessoas.

    É por isso e outros pontos que acho radical dizer que evangélicos não são verdadeiramente cristãos.

    ResponderExcluir
  9. nao sei pq todos tem marcaçoes com os evangelicos
    eu sou uma evangelica e tenho conseguido bençoes na minha casa i na minha escola pq Deus e unico i ele quer que eu faça a diferença que que os evangelicos faça a diferença entao nos nao cremos em santo pq santo pra nos e so jesus i Deus ele que liberta ele que salva nao e santo que vai te libertar que vai te curar que vai te salvar e jesus irmaos ele vai te salvar.

    ResponderExcluir
  10. http://noticias.gospelmais.com.br/100-influentes-epoca-marina-silva-marco-feliciano-neymar-63261.html

    ResponderExcluir
  11. Denis gostei mui...to do seu blog; que DEUS continuir te abençoando.
    Sobre assunto de ser evangélico,cristão. ou até mesmo crende, eu gostaria de deixa minha opinião:
    EVANGÉLICO: aquele que acredita em qualquer mensagem.
    CRENDE:aquele que crer em alguma coisa.
    CRISTÃO: E aquele que ama nosso Senhor JESUS O CRISTO e prática seus ensinamentos até o fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cicero Gomes,
      Obrigado por sua participação e por ter gostado do blog. Espero que lhe ajude no dia a dia na caminhada até a eternidade com o nosso Senhor.

      Deus o abençoe!

      Excluir
  12. Encontrei, facilmente, o termo "cristão", mas em nenhuma das Bíblias consultadas eu localizei o termo "evangélico". Alguém poderia me indicar o Livro, Capítulo e Versículo onde ele pode ser encontrado?
    Atos dos Apóstolos, cap. 11 v. 26
    ... Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos. (ARA e ARC)
    ... Foi em Antioquia que, pela primeira vez, os seguidores de Jesus foram chamados de cristãos. (NTLH)
    ... Em Antioquia, os discípulos foram chamados de cristãos pela primeira vez. (Almeida, Século 21)
    ... χρηματίσαι τε πρώτον ἐν Ἀντιοχείᾳ τοὺς μαθητὰς Χριστιανούς. (Receptus / Majority)
    ... multam ita ut cognominarentur primum Antiochiae discipuli Christiani. (Vulgata)
    ... And the disciples were called Christians first in Antioch. (KJB)
    ... daher die Jünger am ersten zu Antiochien Christen genannt wurden. (Bible)
    ... Ce fut à Antioche que, pour la première fois, les disciples furent appelés chrétiens. (La Sainte Bible)
    ... 找到了,就帶他到安提阿來。然後有整整一年,兩個人與會眾聚在一起,教導了一大群人。門徒們第一次被稱為「基督徒」是在安提阿。(圣经)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu caro, Cznykh Taufik.

      Obrigado por sua participação, pois foi de grande valia.

      Deus o abençoe!

      Excluir
  13. Como sempre, o texto é cheio de contradições, mas 2 são sempre exaltadas, alguém consegue um argumento aceitável?:

    Na frase "atrás de experiências secretas, se esquecendo da Palavra de Deus e de um culto racional"... A base da religião é a fé, e fé é algo pessoal, pode não ser secreto, também não vejo evangélicos como pessoas com ações secretas, então entendo que melhor seria ter usado "experiências pessoais"... Mesmo assim, não faz sentido! E ainda há na frase o termo "culto racional"! Sinceramente não sei o que isso significa, sendo culto religioso, a última coisa que será é racional. Talvez a intenção seja diferenciar de seitas primitivas de praticam cultos imorais, mas induzir a crença de que há culto racional, é mesmo muito irracional, desculpe o trocadilho.

    Outra questão é, na frase: "Cristianismo, principalmente o protestantismo, uma religião monoteísta centrada na vida e nos ensinos do Senhor Jesus aquele que se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos..." - Não vou citar a igreja católica com os seu santos, que é a mãe das igrejas protestantes, porque a frase se refere aos protestantes, também não vou falar nada sobre o "principalmente". Como pode alegar ser monoteísta? Se ao dizer que deus é onipotênte, onisciênte, onipresente! Porque criar sbdeuses como jesus? Alguns ainda citam o espirito santo como indivíduo, e ainda anjos para auxiliar alguém que é onipresente? Que vontade de ser politeísta!

    Se alguém conseguir um argumento válido, fique a vontade para comentar, só não me venha com "planos deus", "é preciso ter o entendimento"... Seja honesto e claro, por favor!

    ResponderExcluir
  14. Estou de acordo consigo.Boas definições de Cicero!

    ResponderExcluir
  15. a PAZ DO SENHOR JESUS a todos amados irmãos(as),

    Bom gostaria apenas de reafirmar o que nosso amado Cznykh Taufik descreveu , pois descreveu bem... e dizer ao servo e filho do REI, Denis Monteiro que de muita valia é este teu trabalho aqui neste blog, creio firmemente que o Senhor o conduz, até mesmo para responder a todos com mansidão e sabedoria. A sabedoria é fruto do ESPIRITO e dom de DEUS, e devemos busca-la com muito esmero e diligencia,também juntamente com o DISCERNIMENTO.

    Só assim amados irmãos(as), verificaremos o que procede de Deus e o que não procede.

    Acima de tudo busquemos o AMOR, pois este sim é maior que todos, e este sim, MUDARIA o mundo e tudo que nele há.

    Aos demais que contradiz, deixo uma meditação.

    Tiago 3: 17 ..." Mas a sabedoria que do alto vem, é primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem hipocrisia.."

    "Pelo Espírito, a um é dada a palavra de sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra de conhecimento; a outro, fé, pelo mesmo Espírito; a outro, dons de curar, pelo único Espírito; a outro, poder para operar milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a outro, variedade de línguas; e ainda a outro, interpretação de línguas." (1 Co 12:8-10 )

    a PAZ do SENHOR JESUS sejam com todos.

    ResponderExcluir
  16. Irmão Denis, concordo em número, gênero e grau com suas palavras! Infelizmente muitos com suas visões espirituais prejudicadas ainda não conseguem fazer distinção de uma coisa e outra...e parece-me que vc mexeu na ferida dos cristãogélicos! Sinceramente eu prefiro o termo cristão, mas não me ofendo se alguém me denomina evangélica, pois sei que tanto um quanto o outro se referem a vida de Cristo! É bom refletir, é ótimo compartilhar e até discutir algumas idéias, só não podemos mesmo é deixar de amar, de respeitar um ao outro e claro, por questão de ética também não se falar do que não se sabe ou não se vive, ou viveu! Abraços e que Deus te ilumine com bastante sabedoria e acima de tudo amor, inclusive pelos desiguais!

    ResponderExcluir

 
  • Teologia & Apologética © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Web Hosting , Blogger Templates and WP Themes